sexta-feira, 30 de abril de 2010

Manuel António no seu melhor...

O Jardim Botânico tem contactos com 60 países diferentes...



É necessário vincar bem esta diferença, porque senão poderíamos julgar que havia para aí uns repetidos, como nos cromos...

Cromo, estão a perceber?...

Os pés pelas mãos..

O Granadeiro não consegue fazer sentido. Está farto de meter água...



Mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

É possível...

... enganar alguns durante todo o tempo, enganar todos durante algum tempo, mas nunca enganar todos durante todo o tempo...

Não gostam, não gostam, mas vêm sempre aqui bater com as fuças.

Aos disfuncionais que por aqui passam: larguem-me a braguilha!

Tenho o maior respeito pelos homossexuais, mas não estou interessado, muito obrigado.



Pronto, se voltares cá, passo-te de novo a mão pela bundinha, mosquito...

O cérebro é uma coisa maravilhosa - todos deviam ter um!!!

Se não for o seu caso nem tente fazer os exercícios seguintes:

De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as
lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.


Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!



É claro que deve ser mais fácil para a parte humana feminina...

Há pouco mais de um ano, suplicava-se...



Parece que o apelo foi ouvido...

VERGONHA!!!

Decisão tomada hoje

Caso Bragaparques: Relação absolve Domingos Névoa do crime de corrupção

O Tribunal da Relação de Lisboa absolveu o empresário Domingos Névoa do crime de tentativa de corrupção do vereador da Câmara de Lisboa José Sá Fernandes.



Aqui: http://www.publico.pt/Local/bragaparques-relacao-absolve-domingos-nevoa-de-corrupcao_1433532

Mas que raio de país é este???

Estamos 'carecas' de saber...

... que na 'net' existe de tudo: atrasados mentais, debilitados psiquicamente; analfabetos funcionais; plagiadores profissionais; políticos de pacotilha; seres humanos duvidosos; existencialistas desesperados; etc, etc...

Não esperava era encontrar direitinhos sinistros, que mais nada têm para fazer do que mandar umas bicadas para ver se lhes mandam o milho de que tanto necessitam.

Aquilo que o 'marido' da Eva pensa, é o que ele pensa. Aquilo que os consumidores de produtos transgénicos acham que pensam (e que por isso estão como estão), é com eles.

O que consomem a mim não me consome. Podem 'snifar', injectar, fumar, estou-me marimbando, desde que não me chateiem...

Mas há gente a quem a sua vidinha (a sua ridícula vidinha) não lhes chega, por isso nem sequer dormem a pensar como hão-de 'picar' quem está sosssegado. Não que tenham nível ou vocabulário para tal, são como os mosquitos que espalmamos com um rápido bater de palmas...

A esses, dedico este fantástico, erótico e sensual poema de Drummond de Andrade.

'Satânico é meu pensamento a teu respeito, e ardente é o meu desejo
de apertar-te em minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo que me fizeste ontem.
A noite era quente e calma e eu estava em minha cama, quando,
sorrateiramente, te aproximaste. Encostaste o teu corpo sem roupa no
meu corpo nu, sem o mínimo pudor! Percebendo minha aparente indiferença, aconchegaste-te a mim e mordeste-me sem escrúpulos. Até nos mais íntimos lugares. Eu adormeci.
Hoje quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em vão. Deixaste em meu corpo e no lençol provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu durante a noite.
Esta noite recolho-me mais cedo, para na mesma cama te esperar.
Quando chegares, quero-te agarrar com avidez e força.
Quero-te apertar com todas as forças de minhas mãos. Só descansarei quando vir sair o sangue quente do teu corpo.
Só assim, livrar-me-ei de ti, mosquito Filho da Puta!'




Podem tirar a palavra 'mosquito' da última frase...

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Circula pela 'net' esta 'informação'...

e) - FRANCISCO ANACLETO LOUÇÃ, de 49 anos de idade, portador do Bilhete de Identidade nº 4711887, emitido pelo Arquivo de Identificação de Lisboa em 6 de Abril de 1998, filho de António Seixas Louçã e de Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã, solteiro, professor universitário, natural de São Sebastião da Pedreira, Lisboa e residente na Avenida Duque de Loulé nº 105, 1º, Lisboa;
Despacho (extracto) n.º 5296/2010
Assembleia da República - Secretário-Geral
Nomeação da licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã para a categoria de assessora do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda

... quando a verdadeira informação é esta:

"Despacho (extracto) n.º 5296/2010
Por despacho de 15 de Outubro de 2009 do presidente do Grupo
Parlamentar do Bloco de Esquerda:
Licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã — nomeada,
nos termos do n.º 6 do artigo 46.º da Lei de Organização e Funcionamento
dos Serviços da Assembleia da República, republicada pela Lei
n.º 28/2003, de 30 de Julho, para a categoria de assessora do Grupo
Parlamentar do Bloco de Esquerda, sem qualquer remuneração.
1 de Fevereiro de 2010. — A Secretária -Geral, Adelina Sá Carvalho.
203047263"

(http://dre.pt/pdf2sdip/2010/03/058000000/1480814808.pdf)



Cuidado com as armadilhas...

Tal pai, tal filho?

Um homem chega a casa depois do trabalho, com um robô que detecta mentiras.
Chega o filho dele, 2 horas atrasado depois de sair da escola.
- Onde andaste tu? - pergunta o pai
- Estive na biblioteca a fazer trabalhos de casa!
E 'zuca', o robô vai ter com o puto e prega-lhe um valente tabefe!
O pai explica:
- Filho, este robô detecta mentiras. É melhor dizeres a verdade...
- OK, estive em casa de um colega meu e vimos um filme: "Os 10 Mandamentos"...
E sai outra galheta no puto, dada pelo robô!
- Ai! - Diz o miúdo - Pronto, está bem, era um filme pornográfico...
Diz o pai:
- Envergonhas-me! Eu na tua idade nunca mentia aos meus pais!
E vai o robô e prega uma chapada, desta vez no pai...
A mãe, cansada de assistir àquela cena, vira-se para o marido e diz:
- Vê-se mesmo que é teu filho!...
PAF! O robô dá um valente tabefe na mulher...



Se fosse com este era pior...

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Ganhem juízo... ou saiam do armário!

A 'ultima' (duvidosa) moda é os adolescentes (rapazes) andarem com as calças tão rebaixadas que se vêem as cuecas...

Não sabem, certamente, de onde veio semelhante comportamento, ou, se sabem, não são capazes de se assumirem e fazem estas figurinhas.

Eu explico: esta 'moda' começou nos Estados Unidos... Mas, nas prisões! Os reclusos que permitiam relações sexuais com outros desencantaram uma sinaléctica que não fosse percebida pelos guardas, de modo a não terem castigos...

Assim, quem pusesse as calças abaixo do rabo apenas demonstrava que estava receptivo a ter sexo anal com outros presos...



Se eles soubessem, talvez tivessem mais juízo...

Amanhã, o secretário vem dizer que há uma descida do desemprego...

Aumento mensal de 1,9% no número de inscritos nos centros de emprego em Março
Os centros de emprego nacionais têm notado uma afluência superior nos últimos meses. O número de desempregados inscritos sofreu uma variação negativa de 1,9 por cento no passado mês de Março, em comparação com o mês anterior de Fevereiro, para 571 754 inscritos.

Um pouco por todo o país é notório o aumento do número de pessoas que se dirigem aos centros de emprego. Os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) dão conta de uma variação mensal de 1,9 entre Fevereiro e Março deste ano. Em termos anuais, o valor é ainda mais elevado, com um aumento de 18,1 por cento entre Março deste ano e o mesmo período de 2009.

O aumento verficado "teve lugar em todas as regiões do país, destacando-se as oscilações mais significativas no Algarve (com mais 35,8 por cento) e na região autónoma da Madeira (com mais 33,8 por cento)", refere o IEFP.



Eu traduzo: "Já me lembrei... Você era o tipo que estava sempre a dizer-me para arranjar um emprego!".

Sete políticos aposentados com regime de excepção

Só na Madeira é possível acumular reforma e ordenado por inteiro

Alberto João Jardim, Santos Costa e os deputados Miguel Mendonça, Gabriel Drumond, Carmo Almeida, Ivo Nunes e André Escórcio beneficiam de um regime de excepção que se aplica apenas aos políticos madeirenses. São os únicos aposentados, a nível do país, que podem acumular a sua pensão e o ordenado pelas funções políticas por inteiro. Actualmente, são estes É a lei, ou melhor, o Estatuto Político-Administrativo da Madeira, que permite esta situação única.



Ver aqui: http://www.dnoticias.pt/Default.aspx?file_id=dn04010102210410&id_user=

Como é apanágio deste 'blog': para memória futura!

Playboy Portugal já dá lucro ao fim de um ano de lançamento

A revista Playboy Portugal, propriedade da Frestacom, lançada em Abril de 2009, lucrou 851 mil euros primeiros nove meses no mercado, com uma facturação bruta de 2,1 milhões de euros, segundo o vice presidente, Gil Teixeira.

"O 'break-even' foi rapidamente atingido e, desde cedo, superou os nossos objectivos iniciais, com uma facturação bruta de 2,069 milhões de euros em 2009", avançou hoje à agência Lusa Gil Teixeira, vice presidente da Frestacom.



Obrigado. Não trazem a tia do Louçã na capa...

terça-feira, 20 de abril de 2010

segunda-feira, 19 de abril de 2010

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Isto...

Pum, pum. Está morto!

Foi com algum espanto (e digo algum, porque ao fim de 20 anos na Região já poucas coisas me espantam… muito) que li que a Polícia Florestal abateu indiscriminadamente um conjunto de cabeças de gado (cabras e porcos, segundo parece) que tinha sido solto para poderem escapar às consequências do temporal de 20 de Fevereiro.

Mais espantado fiquei (mas não muito, pelas razões já expostas anteriormente) com as razões aduzidas pelo responsável por aquela unidade, de que se estava a cumprir a lei, que toda a gente sabe que é dura mas que é lei, e que, portanto, animal que aparecesse na mira dos ‘justiceiros’ em local onde não deveria estar era sumariamente abatido, sem apelo nem agravo.

Nada tendo a contrapor à lei, independentemente de ser (ou não) justa ou lógica - foram os governantes eleitos pela maioria que a determinaram, por isso amanhem-se -, fere-me a falta de sensibilidade de todos os intervenientes directos na actuação neste caso: uns, os executores, não quiseram saber de razões, de questões de sobrevivência dos animais, da sua importância e significado para os donos, que, sabe-se lá com que dor de alma, desconheciam o seu paradeiro e só desejavam que estivessem bem. Enganaram-se. Tiraram-nos da frigideira (figurado) para os lançarem para o fogo (literal).

Outros, os decisores, vêm defender a tomada de posição dos primeiros, revelando um primarismo comportamental tanto mais condenável como as acções que protegem, socorrendo-se de subterfúgios eivados de insensibilidade, que só revelam o pouco humanismo (ou devo escrever animalismo?) que possuem.

Numa situação de excepção devem existir comportamentos de excepção, é assim que se medem os Homens! Se a situação não estava conforme a lei, deveria ter-se tentado regularizar a situação sem afectar alguém (e este ‘alguém’ abarca homens e animais), nem que isso desse origem a uma coima ou a outra sanção menor, nunca o abate sem apelo nem agravo de meia dúzia de animais que, por si sós, não iriam agravar aquilo que o ser humano já degradou e que muita influência teve naquilo que aconteceu a 20 de Fevereiro. E, esses, ninguém abateu a sangue frio…

Se o abate puro e simples de animais que apenas estavam a tentar sobreviver à intempérie de Fevereiro é revoltante, mais revoltante se torna quando se sabe que a sua recolha e entrega aos proprietários era viável (como já disse, nem que cobrando os serviços), assim o quisessem os executantes e os decisores. Mas não. Era mais fácil abatê-los e, pior, deixá-los no lugar do abate, com todas as consequências que daí poderiam advir para a saúde pública.

Mais que a falta de respeito pelos seres humanos (seus donos), o que se registou foi uma falta de respeito pelos direitos dos animais, que não tiveram culpa do que aconteceu, que não escolheram para onde poderiam ir, que não tiveram direito de decidir qual o seu futuro; coisa que quase todos os homens têm… menos nesta terra, pelos vistos.

Assim, as conclusões que se podem tirar deste triste evento são que, mesmo em condições de excepção, as ‘autoridades’ não têm meias medidas, levam a lei a sério, e o que quer que esteja à frente das suas armas só tem um destino: o abate!

A solução: usem as urnas e… abatam-nos antes! (urnas… abatam-nos… perceberam???)

__________________________

Por causa disto:

http://www.dnoticias.pt/Default.aspx...40410&id_user=

Que derivou disto:

http://www.dnoticias.pt/Default.aspx...30410&id_user=

__________________________



Volto a perguntar: quem são os animais?

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Decidam-se!!!

PS manifesta apoio a Alegre depois da sua candidatura ser formalizada

O PS vai reunir-se e manifestar o seu apoio ao candidato presidencial Manuel Alegre logo após o próprio Alegre formalizar a sua candidatura, o que deverá acontecer entre o final de Abril e o início de Maio.

(...)

Partido não tem agendada reunião sobre as presidenciais

PS desmente apoio a Manuel Alegre

O Partido Socialista enviou uma nota às redacções a desmentir as notícias hoje publicadas sobre o apoio do partido à candidatura presidencial de Manuel Alegre.



Parece o outro: casa, descasa, casa, descasa...

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Para a próxima é de borla!

Maioria dos consumidores desconhece

Pagamento dos aperitivos nos restaurantes não é obrigatório

Proprietários que não respeitem Lei incorrem em multas e até pena de prisão
Quando se senta na mesa de um restaurante e começa a consumir os «couverts», também conhecidos por aperitivos ou entradas disponíveis, saiba que não tem de os pagar.

O alerta foi feito esta terça-feira pelo presidente da Associação Portuguesa dos Direitos do Consumo (APDC), Mário Frota, que, em declarações à Agência Financeira, assumiu haver «uma ignorância das pessoas a esse respeito», pelo que «a maioria delas deixa passar, continuando a pagar».

O responsável adianta ainda que «o consumidor pode recusar pagar o couvert que habitualmente os restaurantes colocam na mesa dos clientes, sem ser pedido, mesmo que seja consumido».

Em geral, o «couvert» define-o a Lei, é «todo o conjunto de alimentos e aperitivos fornecidos antes do início da refeição, propriamente dita».

Cobrar «couvert» pode levar a coima até 35 mil euros

«Os proprietários dos estabelecimentos estão convencidos que, tratando-se de um uso de comércio, que esse uso tem força de Lei. Mas o que eles ignoram é que a lei do consumo destrói essa ideia porque tem normas em contrário», disse Mário Frota à AF.

O facto é que, no particular do direito à protecção dos interesses económicos do consumidor, a Lei 24/96, de 31 de Julho, ainda em vigor, estabelece imperativamente: «O consumidor não fica obrigado ao pagamento de bens ou serviços que não tenha prévia e expressamente encomendado ou solicitado, ou que não constitua cumprimento de contrato válido, não lhe cabendo, do mesmo modo, o encargo da sua devolução ou compensação, nem a responsabilidade pelo risco de perecimento ou deterioração da coisa.»

Daí que, em rigor, o «couvert» desde que não solicitado, tem de ser entendido como oferta sem que daí possa resultar a exigência de qualquer preço, antes se concebendo como uma gentileza da casa, algo de gracioso a que não corresponde eventual pagamento.

Num futuro próximo, «pode ser que se assista à inversão do cenário se as pessoas começarem a reivindicar os seus direitos, caso contrário, pode haver problemas, se os proprietários negarem os direitos dos consumidores».



Comam e não paguem!

Humor árabe, ou nem por isso...

Um príncipe da Arábia Saudita foi estudar para a Alemanha.

Um mês depois escreveu uma carta ao pai a dizer:

- "Berlim é espectacular, o povo muito simpático e estou a gostar de cá estar, mas sinto-me um pouco constrangido por ir para a Universidade no meu Mercedes dourado quando os professores viajam de comboio".

Algum tempo depois recebeu a resposta do pai numa carta com um milhão de dólares dentro.

Na carta, o pai dizia :

- "Pára de nos embaraçares! Compra um comboio para ti também."


Pois, árabe, está bem, está. Até o Mexia podia fazer isto...

quinta-feira, 8 de abril de 2010

A vidinha deles não lhes chega...

Após decisão favorável do Tribunal Constitucional

Casamento gay: Plataforma Cidadania Casamento pede referendo

O movimento Plataforma Cidadania Casamento afirma que não está surpreendida com o facto de o tribunal Constitucional dar luz verde ao casamento entre pessoas do mesmos exo. Mas acredita que este aval abre a porta ao referendo sobre a matéria.
Num comunicado emitido após ter sido conhecida a decisão do Tribunal Constitucional, a Plataforma afirma que a decisão de Cavaco Silva em pedir a avaliação da constitucionalidade do diploma “devolve ao povo o direito a decidir sobre os destinos desta sociedade.”

O movimento recorda ainda que conseguiu já reunir 92 mil assinaturas para pedir a realização de um referendo sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo e frisa que "nenhum eleito tem legitimidade para, em nome do Povo, provocar tão profunda alteração legislativa".



E eles têm legitimidade para alguma coisa?

É preciso ser por diploma???

Após discussão do documento

Aprovado diploma para permitir que homossexuais possam dar sangue

O Parlamento aprovou hoje um diploma do Bloco de Esquerda que visa que os homossexuais e os bissexuais possam dar sangue, com os votos favoráveis de todas as bancadas e a abstenção do CDS-PP.



Triste país em que vivemos...

Olha a novidade...

Decisão conhecida hoje

TC diz que casamento gay é constitucional

O Tribunal Constitucional acaba de anunciar que considera constitucional o casamento entre pessoas do mesmo sexo.



E a adopção? Mais uma guerra nos tribunais?

Dúvidas existenciais...

Estava para aqui a pensar… (não é coisa que eu faça muito, mas às vezes descaio-me)…

Há alguns milhares de anos, alguns representantes daquilo que viria a ser o homem moderno (o tal sapiens sapiens) descobriram a maneira de dominar a maior parte dos seus “iguais”: inventaram a religião!

Aquilo que começou por uma adoração “simples” de pedras e árvores e trovões e relâmpagos, com a evolução da mente humana, rapidamente se modificou, e, com o advento da palavra e da escrita, tornou-se em algo mais sofisticado, transformando-se naquilo em que se tornou actualmente: a conspiração global de uns quantos que, a coberto de uma coisa que determinaram chamar fé, tentam dominar todos os outros, que lhes vão na cantiga e que preferem refugiar-se sob a capa de um ser dito superior do que assumir as suas próprias responsabilidades sociais, comunitárias e outras…

Se (e reparem no pormenor do “se”), há 2010 anos, o tal deus, seja ele qual for e em que tempo (consoante as religiões) se determinar, decidiu revelar o seu filho e espalhar a sua palavra, pecou (aqui, no sentido lato) no espaço temporal, e demorou tempo de mais para “se” revelar…

Tudo aquilo que veio depois só se pode considerar ficção científica. Dêem as voltas que derem, qualquer um, despido de “formatações” - familiares, civilizacionais, grupais, etc, etc… - tem o dever e o direito de questionar esta forma de condicionar mentalidades e de exercer domínio sobre os mais fracos dos mais fracos, pois estes não tiveram (nem têm) condição intelectual (sim, podem atacar-me por esta expressão) para pôr em questão aquilo que lhes impingiam.

Aos outros, àqueles que do alto dos seus poderes duvidosamente adquiridos se determinavam como os condutores das classes, só lhes restava assumir uma crença assumida e determinada, para manterem o seu grau de superioridade e a sua prevalência sobre os anteriores, não se esquecendo de promover a denegação e o heretismo de “uns” quantos que se colocavam à margem, e que combatiam, (d)esta conjura de Homens contra outros Homens.

Assim, chegámos a esta era, em que muitas coisas são postas em causa, sendo que a menor das delas, certamente, é a existência de “uma” religião. Deixo aqui de fora o budismo, que mais que uma religião é um estado de espírito, uma filosofia…
Continuam alguns seres humanos a tentar encontrar formas de dominar outros seres humanos, potencialmente seus iguais, das mais variadas formas - em que a religiosa não é a mais inocente -, recorrendo a todo o tipo de meios (alguns até criminosos), para atingirem os seus fins.

Podemos acabar com isto? Podemos! Mas para isso é necessário uma vontade efectiva de todos os governos na formação de cidadãos mais conscientes e informados.

Aí, certamente as coisas mudarão, não só neste aspecto como em muitos outros, não só em Portugal como em todo o Mundo!



Quem quiser que escolha uma, mas pense bem primeiro...

terça-feira, 6 de abril de 2010

Não "habia nexexidade"...

Sabendo nós todos muito bem quem é LFM, as funções que desempenha e ao serviço de quê (quem) está o seu 'blog', há coisas (palavras) que talvez devessem ser evitadas:

"Será que para a escumalha do costume, a culpa, neste caso, é do governo socialista de Lisboa?"



Pede-se contenção na 'blogosfera'... e agradece-se...

Mata primeiro, pergunta depois...



Parte do vídeo e a notícia (http://www.publico.pt/Mundo/video-secreto-mostra-pilotos-dos-eua-a-disparar-contra-fotografo-da-reuters_1430996)

Mexia? Não! Mexe-se...

António Mexia vem defender-se alegando que ultrapassou os objectivos definidos pela empresa, pelo que tem direito a receber 3,1 milhões de euro...

Não é uma questão de objectivos! É uma questão moral!!!



Não admira o sorrisinho irónico...

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Elas não matam, mas moem...

Segundo o Expresso, o jornal Libération não saiu em Portugal na quinta-feira, dia 18 Março, por "problemas de impressão".

Vale a pena ver a notícia que segue (seguir a ligação em baixo) e perguntar se terá sido uma mera coincidência!?

"Monde 18/03/2010 à 00h00
José Sócrates, le Portugais ensablé

Rien ne va plus pour le Premier ministre socialiste, dont le nom est associé à des affaires de corruption sur fond de crise économique majeure.
[...]"

http://www.liberation.fr/monde/0101625174-jose-s-crates-le-portugais-ensable



Pois é. Eu sei como te sentes...

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Assim, também eu...

David Luiz, no final do Benfica 2 - Liverpool 1:

Graças a Deus, demos a volta ao resultado... (ler com sotaque brasileiro)



A oração já não era suficiente, agora no banco do Benfica já o Pai se senta ao lado do filho...

E a hipocrisia continua!

Papa condena o aborto. Das acusações de pedofilia que grassa entre os padres católicos... nem uma palavra!



Quem cala, consente, não é?