quinta-feira, 23 de junho de 2011

Governo da Madeira quer saber se professoras e funcionárias vão engravidar.

"O governo regional da Madeira quer saber quantas professoras e funcionárias estão grávidas. Os sindicatros dizem que se trata de uma invasão da vida privada. A Secretaria de Estado da Educação garante que está apenas a preparar a substituição durante a licença de maternidade."



Não é nada. Querem calcular a próxima taxa de natalidade e o secretário da Educação vai aproveitar para escrever mais um livro: "A professora quer ficar grávida".

terça-feira, 21 de junho de 2011

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Quem é que haverá, quem é que não acha...?

O PSD elegeu 108 deputados; quatro são madeirenses; o Nobre só teve 106 e 105 votos na eleição para presidente da AR; AJJ já veio dizer que Guilherme Silva era o melhor para o cargo...



Hummm???!!! É só fazer as contas???...

Jaime Filipe Ramos passou-se...



"E desde já vos garanto que vou dizer ao meu pai que não me deixaram falar primeiro!"

Está bonito...

A verdadeira notícia de merda!

"Inventados bifes e hambúrgueres feitos com fezes

por DN.ptHoje

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=u1N6Q...layer_embedded

Cientistas japoneses inventaram aquilo a que chamam "hambúrguer de cocó". Segundo os especialistas é possível criar carne artificial de despejos que contém fezes humanas.

O boom da população mundial previsto para os próximos anos vai causar, segundo os cientistas, falta de alimentos. Qual a solução? Fazer comida a partir de desperdícios materiais humanos.

Segundo o "Daily Mail", Mitsuyuki Ikeda, um dos investigadores do Okayama Laboratory, desenvolveu bifes e hambúrgueres baseados em proteínas retiradas de excrementos humanos. Após lhe ter sido pedido para tentar arranjar usos para desperdícios, Ikeda descobriu que que estes continham uma grande quantidade de proteína, devido a todas as bactérias.

Os especialistas extraíram as proteínas, e combinaram-nas com um produto que aumenta as reacções, colocando-as num reactor que cria a carne artificial. A carne tem 63% de proteínas, 25% de hidratos de carbono, 3% de líquidos e 9% de minerais. Esta é ainda colorida de vermelho com corantes alimentares e o seu saber é melhorado com uma proteína de soja. Em testes experimentais as pessoas visadas tem gostado do sabor e, até o relacionaram ao sabor do bife.

Os cientistas esperam que o produto possa custar o mesmo do que a carne verdadeira à venda hoje em dia, mas no momento os bifes e hambúrgueres de excrementos são de 10 a 20 vezes mais caros, devido a terem de suportar os custos da investigação."



Ficaremos sempre na dúvida; isto é feito de quê?

terça-feira, 14 de junho de 2011

Piada tipo Ana Gomes

Paulo Portas sempre vai para o Ministério dos Negócios Estrangeiros?

Mas ele não esteve já nos "negócios estrangeiros"?



Roubada à Fúria do Cajado.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

segunda-feira, 6 de junho de 2011

O Paulinho falhou esta...



... não conseguiu mais deputados que a CDU e o BE juntos. Tem os mesmos... ahahahah (estou-me a rir de quê?)....

domingo, 5 de junho de 2011

Se eu fosse daqueles políticos que nunca perdem...

... diria que em 2009 o Bloco de Esquerda cresceu 100% em relação às anteriores eleições e agora SÓ perdeu 50%...



Mas não. Levámos mesmo uma 'malha'... Vá lá que nos aguentámos por cá... Força para Outubro é o que é preciso!

Já não estamos em reflexão.



Não votes na 'menage'. Vota BLOCO DE ESQUERDA!!!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

O homem agradece...



Façam-lhe a vontade. Votem no Bloco de Esquerda!!!

Venha o diabo e escolha...



Ainda vão a tempo de derrotar o três em um. Depois queixem-se!!!

Por favor: VOTE!

Sei que não sou, de certeza, o detentor da verdade absoluta, provavelmente nem da maior parte dela, mas terei algum quinhão, por pequeno que seja, que me permite escrever algumas coisas com pouco receio de errar.

Durante 36 anos passaram pelo poder (leia-se Governo da República) três partidos sozinhos ou acompanhados: PS, PSD, PSD-PP... (também lá andou o PPM, mas esse não interessa para a história).

Durante esses 36 anos, esses partidos trouxeram o país ao estado em que ele está hoje: falido, sobreendividado, clientelar - corrupto, até -, com gerações desempregadas, desemprecárias e sem qualquer esperança no futuro. É claro que houve outros que também ajudaram 'à festa', mas esses só o fizeram porque os primeiros o permititram.

Pelo meio, nós, o povo, os cidadãos, que íamos - fomos - permitindo que tudo isto acontecesse, dando cada vez mais 'legitimidade' aos que controlam as esferas do poder. Quer votando sempre nos mesmos (porque os políticos são todos iguais), quer fugindo de votar (porque os políticos são todos iguais), quer votando em branco ou nulo (porque os políticos são todos iguais)...

E chegámos onde chegámos, com o abismo à nossa frente e a sentença de morte assinada pelo 'troika' e aceite por outra 'troika' de desavergonhados, que fizeram o mal e a caramunha e que agora vêm compungidos pedir o nosso voto. E a maioria vai-lho dar... A maioria daqueles que foram destituídos de qualquer dignidade devido às crises e aos PECs da 'troika' PS-PSD-PP; a maioria dos reformados que têm pensões abaixo do salário mínimo e que se confrontam diariamente (aqueles que ainda o podem fazer) com o dilema remédios ou comida; a maioria dos desempregados que perderam há muito o direito ao emprego, o direito ao desemprego e o direito à reforma (porque são muito novos para serem velhos e são muito velhos para serem novos); a maioria das famílias que perderam abonos e subsídios para os quais contribuíram e continuam a contribuir (mas a que já não têm direito porque não são suficientemente miseráveis para deles usufruirem); a maioria de todos os que se sentem injustiçados e tratados como carne para canhão, onde se vai buscar o último cêntimo para uma teórica salvação do país, eternamente adiada e enganadoramente anunciada... todas essas maiorias vão continuar a dar o voto a quem nos trouxe à crise e da qual não nos conseguem tirar (porque os políticos são todos iguais?)...

Pois quero dizer-vos que não, os políticos não são todos iguais. Ou até talvez sejam, mas é preciso que provem isso. E essa prova só se tem quando outros, que não sempre os mesmos, passarem pelo Governo e fizerem o mesmo que todos os anteriores. É que os que já lá estiveram já sabemos o que fizeram e o que vão fazer, os outros não. Mesmo que sejam todos iguais, do que eu tenho as minhas dúvidas, não podem fazer pior que os antecedentes; e se não forem todos iguais...

É por isso que desejo que, quer os 2 milhões de indecisos, quer mesmo aqueles que vêm votando nos partidos da 'troika', com um espírito de resignação que não lhes traz qualquer proveito, quer todos os outros que acham que não vale a pena ir votar, ou que se calhar o melhor é votar em branco ou nulo, pensem duas vezes. Façam uma profunda reflexão (têm 24 horas para isso) e assumam com coragem um voto diferente e efectivo nestas eleições de 5 de Junho.

Já sabem que voto no Bloco de Esquerda, porque acredito que é o partido que tem melhores soluções para nos tirar da situação em que nos puseram, com menos sacrifícios para toda a população portuguesa. Mas isso é a minha convicção. Na vossa reflexão podem chegar a outra perfeitamente válida (que não quer dizer que seja correcta - mas, como disse no início, a verdade absoluta não está ao alcance de todos).

Seja qual for a sua inclinação de voto para domingo, faça-o: VOTE! Mesmo com cadernos eleitorais menos precisos, o número de indecisos, abstencionistas e outros (brancos e nulos) é suficiente para mudar o cenário que já nos prepararam e que nos querem apresentar como facto consumado.

Faça a diferença: VOTE! Obrigado.



Desta vez tem de ser diferente!!!